domingo, 26 de julho de 2009

Shake Shack

Amigos e amigas,

tentarei escrever, a partir de hoje, alguns posts sobre restaurantes e comidas de Manhattan. Estivemos há pouco tempo lá e pudemos constatar que Manhattan é um centro gastronômico que não perde para nenhum outro centro de qualquer parte do mundo. Se França, Japão, Peru, Espanha e Itália são países referenciados como possuidores de alta gastronomia, digo que NY, ou Manhattan, não perde em nada para os demais.


Curiosamente, não podemos dizer que os Estados Unidos sejam um país conhecido por ter uma boa gastronomia. Quem nunca foi à Disney e teve grande dificuldade de fazer um almoço? Aqui mesmo neste blog é possível relembrar as nossas aventuras pela Flórida.

No entanto, NY é diferente - acredito que por NY ter uma estreita relação com a Europa, por petencer à rota "Elizabeth Arden" (Paris-Londres-NY) ou por qualquer explicação cientológica. O fato é que se come bem, aliás, muito bem em muitos restaurantes.

Não é que não existam bons restaurantes nos Estados Unidos... Lembro-me que, quando estive em Santa Mônica, Los Angeles, fui a um restaurante inesquecível que se chama Boa Steak House (http://www.boasteak.com/balboa/). Comida excelente e clima agradável.



Agora, sem dúvida nenhuma, não acredito que exista a mesma quantidade de possibilidades com qualidade como em NY.

Faço uma ressalva, lembrando que NY é uma cidade um tanto quanto agressiva. É muito cidade, muitos prédios, muita civilizção!

Kátia Zero, repórter brasileira radicada em NY há mais de 30 anos, fala o seguinte: "Civilização é artifício.(...) Muita gente chama o que eu faço frango-orgânico-no-Bouley, sabonete, charuto, caviar, de luxo. Eu chamo de civilização."

Assim, Kátia, eu insisto: não dá para ir a NY como turista, sem deixar de ir a um bom restaurante, sem tentar viver a atmosfera desta grande cidade cosmopolita. E ir a um bom restaurante não significa necessariamente ir a um restaurante caro.


A exemplo disso existe o Shake Shack, indicado pelo amigo do blog e morador de NY há dois anos, Chiquinho. Na minha opinião, o Shake Shack é a prova da diversidade, da pluralidade de comidinhas gostosas existentes em Manhattan. É... Ele não passa de uma fast food, ou melhor de uma street food.

Localizado em uma das praças mais charmosas de NY, a Madison Square Park, o Shake Shack fica em um verdadeiro "Shack" fincado na esquina com as East 23rd street e Madison Avenue. É possível ver esquilinhos por todos os cantos dessa praça...


O sucesso desse trailer é tão grande que se forma uma fila gigantesca de new yorkers a qualquer hora do dia. O curioso é que se vê poucos turistas: há artistas, desocupados, casais e muita gente de escritório, que vai com a missão de buscar caixas e caixas de pedidos para a empresa inteira.




A fila é tão grande que os proprietários colocaram disponível no site uma câmera para registrar, ao vivo, o tamanho da fila. Confira o site http://www.shakeshacknyc.com/.
Para quem mora próximo ao parque é uma mão na roda, pois basta checar na internet o tamanho da fila e avaliar se vale ou não esperar.

Bom, as opções do cardápio são Hamburgers, Cheeseburgers etc. O mais pedido é o Double Shack Burger. Os hamburgers lá são bem macios e suculentos. O pão não é grande, e lembra aqueles pães em saquinhos, vendidos à parte em padarias. O mais importante é que os hamburgers de lá não têm aquele gosto de carne seca e queimada de diversos hamburgers espalhados pelos Estados Unidos.

Além dos hamburgers tradicionais, há os hamburgers vegetarianos - não posso avaliá-los, pois sequer eu os vi.

O que faz um grande sucesso por lá também é o Concrete: uma espécie de milk shake grosso que tem uma porção de ingredientes, como massa de cookie, hot fudge, chocolate trufado. Bom, você pode desenhar o seu próprio, mas de qualquer forma este milk shake será um concrete!


Depois do pedido na mão, você se acomoda em cadeirinhas espalhadas ao longo do parque e aprecia a movimentação das pessoas por Manhattan. Aliás, quando nós estavamos lá, devorando os nossos sanduíches, ao lado da nossa mesa havia um grupo de meninas gravando um programa de fitness para a televisão norte-americana. Entre uma pausa e outra na gravação, era possível vê-las olhando para o trailer com olhares desejosos.

Como disse anteriormente, pluralidade maior que em NY não existe!

Beijos e abraços.

ps. Dica: Para ir ao Shake Shack e evitar filas, chegue às 11:50h ou bem à noite.

Esquina Sudeste do Madison Square Park, East 23rd street e Madison Avenue - Manhattan, New York

Um comentário:

Leonardo disse...

Tupper!!!

Acho que NY está com nada. Na Big Apple não tem comida brasileira. Já começa por aí.

Em Sampa, onde resido atualmente, temos todas as culinárias do mundo e com o tempero brasileiro, é claro!

Meu voto vai para São Paulo!

Abração!

Leo Branco (Producer do Posto 9)
lhpbranco@yahoo.com - EMAIL
lhpbranco@hotmai.com - MSN
leobranco@gmail.com - ORKUT
11*52540 Nextel
11-7741-8868 Nextel

Quem sou eu

Minha foto
Olá, sou carioca e um grande apreciador de um bom prato. Com este intuito, tentarei escrever as minhas impressões sobre os restaurantes em que eu vier a comer - descrevendo qualidades e defeitos de cada um. Caso tenha o interesse de complementar as minhas opiniões, por favor, não deixe de contribuir. Restaurantes bons devem ser vangloriados, enquanto restaurantes ruins devem ser evitados. Não concorda? Então, vamos lá... Mãos ao garfo!