quarta-feira, 22 de julho de 2009

Don Pascual

Amigos e amigas,

há mais ou menos 2 meses, estive de volta no restaurante Don Pascual, localizado em Vargem Grande. Restaurante de localização difícil de se encontrar, confesso, mas que me causou uma excelente impressão quando fomos pela primeira vez, um ano atrás. Difícil localização, pois é necessário se guiar por dentro de uma rua não asfaltada, apertada e sem placas para chegar ao destino final. Recomendo aos aventureiros que vejam no googlemaps ou liguem para o restaurante antes de iniciarem a sua jornada.



O restaurante em si faz parte de uma pousada pertencente a um uruguaio (se eu não me engano), que resolveu se radicar há alguns anos atrás nestas terras. Imagino que na época não deveria existir nada em Vargem Grande. A casa onde fica o restaurante é bem agradável, bastante arejada, com lareira em uma sala, forno à lenha na parte interna e móveis rústicos compondo o inventário da casa.


Comentei sobre este restaurante para mais um casal de amigos e estes toparam a aventura de conhecê-lo num domingo perdido do passado.

Naturalmente, eles acreditaram que o restaurante era muito bom, em função dos nossos relatos de quando havíamos conhecido o recinto.

Nessa nossa nova visita, tivemos algumas surpresas negativas. A primeira é que o atendimento pelos garçons estava lento, um pouco confuso e com os pedidos demorando para serem atendidos. Como estávamos relaxados, a demora não nos afetou. Mas foi possível ouvir uma mesa ao lado perder a paciência, ao dizer que não queriam mais esperar e que iriam embora.




Um dos garçons nos disse que a procura no domingo é muito baixa e por isso eles trabalhavam com uma equipe reduzida. Entretanto, naquele domingo em especial, alguém havia marcado um almoço de aniversário e, assim, surpreendido a equipe do restaurante com a quantidade de convidados presentes. Convidados famosos, pois entre os comensais estavam presentes o saxofonista do Kid Abelha e outros menos conhecidos.

Mas, e eu com isso? Bom, o nosso Cogumelo Portobelo, que pedimos na entrada, veio depois de alguma espera chamuscado e duro - o que me pareceu que o forno à lenha estava quente demais para que o assasse lentamente.

Em função da fome e também do receio que viesse a demorar mais, acredito que ninguém teve motivação muito forte para reclamar.

Como prato principal, pedimos uma Picanha do Pascual, um Risoto de mix cogumelos e um atum na crosta de gergilim.



Posso falar com mais propriedade do risoto de Mix de cogumelos, que foi o prato que pedi. O risoto contém em sua receita rúcula e gorgonzola. O seu aspecto era apetitoso e a porção servida, bem generosa. Na primeira garfada, ele estava muito gostoso, e todos que o provaram acharam uma delícia. No entanto, como ele estava muito carregado, tanto de gorgonzola, quanto de rúcula, a sua degustação, ao final, estava pesada e até enjoativa! Acredito que se exagerou principalmente no gorgonzola, que, por ter um gosto forte, comprometeu todo o prato.

A Picanha do Pascual, que vem acompanhada de arroz de funghi, rúcula crocante e farofa de bacon, me pareceu o prato mais simples e também o mais gostoso. O atum na crosta de gergelim estava com uma aparência bem gostosa, mas como não provei e também não ouvi comentários, não posso avaliá-lo. Abaixo há uma foto da picanha.



De sobremesa foi pedido um Brownie com sorvete de creme. Infelizmente, a casa alegou que não havia sorvete de creme e serviu o brownie com sorvete de café. Prefiro, sinceramente, o brownie acompanhado com o sovete de creme.

Aliás, acho que um restaurante que oferece alguma sobremesa com sorvete de acompanhamento não pode deixar faltar nenhum sabor. Até porque basta apenas ter um controle do inventário dos produtos necessários para o funcionamento de uma casa comercial. O famoso "tem, mas acabou" é imperdoável e uma "pegadinha" para os clientes que precisam se contentar com uma troca, na maioria das vezes bizarra para o seu gosto.


Espero que todas essas desventuras tenham sido apenas uma pane momentânea de um domingo... Até porque lembro que em nossa primeira visita, também em um domingo, só que à noite, a comida e o atendimento estavam bem melhores.

De qualquer forma, fica a dica para um almoço em um restaurante totalmente fora das rotas tradicionais da gastronomia.

Beijos e abraços,


Estrada do Sacarrão, 867 casa 12 - Vargem Grande. Tel.: 3417-0776

4 comentários:

Anônimo disse...

Bom Henrique, meu nome é Rodrigo Ferraço, mais conhecido como Chef Ferraço, tenho um bloger tbm, o www.chferrco.blospot.com, e gostaria de entrar em contato com você novamente para podermos conversarmos mais sobre o Don Pascual....ok, pois acredito q tenho boa noticias para voce, meu msn é: ch.ferraco@hotmail.com, fico no seu aquardo.

Carolina disse...

A pizza de lá é bem gostosa!
Acho que vale conhecer...o ambiente é lindo, lindo! à noite, fica à luz de velas... maior clima!

Francisco disse...

Tive la a uns 3 anos atras... era inverno, a lareira tava acesa, rolou uma pizza no forno a lenha...

Uma amiga da minha irma casou lah tb... fecharam e fizeram a festa e cerimonia la... parece que foi bem bacana tb...

Still waiting for NY " gastronomic soft summary" (resenha mole gastronomica)

abs

Anônimo disse...

Fala Henrique,

Vc sabe que estes restaurantes aqui de VG são a minha área. Concordo contigo que esse Don Pascual não é lá essas coisas. Pra falar a verdade, eu já deixei de comer lá pois a maioria dos pratos são meio enjoativos, inclusive a Pizza. Mas tem um que eu recomendo, o Jardineto. Ele fica perto do Don Pascual. A comida é boa e a Dona Guida é uma simpatia. Qdo vc estiver na disposição é só falar.

Quem sou eu

Minha foto
Olá, sou carioca e um grande apreciador de um bom prato. Com este intuito, tentarei escrever as minhas impressões sobre os restaurantes em que eu vier a comer - descrevendo qualidades e defeitos de cada um. Caso tenha o interesse de complementar as minhas opiniões, por favor, não deixe de contribuir. Restaurantes bons devem ser vangloriados, enquanto restaurantes ruins devem ser evitados. Não concorda? Então, vamos lá... Mãos ao garfo!